Antena Ligada Mil Fotos Pra Você

Palácio de Tábuas

Março 1, 2016

 

JK_morganialima 5m

Provavelmente, este é o projeto mais modesto do arquiteto Oscar Niemeyer  , que deixou um currículo  respeitável. O Palácio do Catetinho  foi construído em tempo recorde: em dez dias para ser exata.

Um prédio muito simples de conforto quase zero, feito de tábuas que ao serem pisadas fazem com que seu corpo se projete um pouco para baixo, e algumas vezes pode-se ouvir o ranger da madeira. Mas deixando a sensações de lado e entrando na praticidade, o objetivo na época era construir um lugar para que o presidente Juscelino Kubitschek não precisasse se afastar das obras de construção da nova capital – Brasília. Tudo isso cercado por uma natureza exuberante.

Mas sua simplicidade não esconde detalhes de uma época saudosa, os anos 1950.

Preparem para as seguintes fotos, pois os objetos a seguir são altamente desejáveis.

JK_morganialima 4m

JK_morganialima 21

JK_morganialima 26

Pisos de tábuas

JK_morganialima 1

JK_morganialima 1m

JK_morganialima 4

JK_morganialima 3

JK_morganialima 20

JK_morganialima 2

Sala de refeições

JK_morganialima 16

JK_morganialima 14

JK_morganialima 13

JK_morganialima 15

Sala de despacho

JK_morganialima 17

JK_morganialima 19

Bar na varanda

JK_morganialima 9

JK_morganialima 22

JK_morganialima 18

JK_morganialima 12

Suíte presidencial

JK_morganialima 24

JK_morganialima 27

Visitar o Palácio do Catetinho, é resgatar uma época em que o Brasil era capaz de criar grandes obras. Mas a pergunta que não quer calar é: A onde foram parar essas pessoas capazes de sonhar  e realizar coisas tão incríveis ?

Que vocês tenham uma resto de tarde encantador…

Ps. Situado às margens da BR – 040 – próximo a cidade Bandeirantes ( antiga cidade livre).

 

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply Daniele Tamara Março 2, 2016 at 9:53 am

    Moooooorgs o que é esse blog?
    Esta demaaaais, maravilhoso!
    Parabéns.

    Beijos

  • Reply Maíra Março 3, 2016 at 1:35 pm

    Aii que linda *-* obrigada fofa! a música do vídeo são várias, tem uma gregoriana e tem algumas mais zens, no final do vídeo eu coloquei quais são as músicas, e acredite essas músicas são tocadas lá na pousada ahhahaa sempre! como se fosse mantra ahahhaa
    Senhor que lugar lindo *—* eu adoro essas coisas que nos fazem refletir e pensar como foi na época, adorei! achei fofo demais todos os objetos, a casa de madeira, lindo *-*

    beijos :*

    • Reply Morgânia Lima Março 19, 2016 at 6:45 pm

      Ah, sim depois pausei o vídeo e dei conta de encontra-las.
      Ótimas para meditar, elas já estão na minha lista do Spotify.
      Obrigada!
      Beijos

  • Reply Patricia Leardine Março 4, 2016 at 2:36 pm

    Eu desconhecia essa obra. Eu confesso que sempre fico incomodada com as obras dele porque eu fico me perguntando “cadê o verde?” e me lembro da sensação de estar no Memorial da América Latina às 15h com aquele sol. Mas essa é bem diferente… Tem jeito de alojamento mesmo, e alojamento de mata, quase uma cabana, não sei. É bem acolhedor, dá vontade de tomar um café e comer um bolinho. rsrs

    • Reply Morgânia Lima Março 19, 2016 at 6:43 pm

      Concordo com você, nas obras dele aqui na praça dos três poderes, é bem desse jeito que você falou, haja ânimo para andar pelo sol escaldante.
      Obrigada pelo comentário.
      Beijo

    Leave a Reply