Browsing Category

Esse é só um desafio…

Esse é só um desafio... Mil Fotos Pra Você

Mogu Mogu, A Garrafinha Feliz…

setembro 1, 2018

Essa é a Mogu Mogu, a garrafinha feliz, vinda diretamente  da Thalland. Um suco a base de maçã e pedaços de coco. Um coco que mais parece uma meleca gelatinosa, algo que nem no sabor ou textura lembram a fruta, e só. É que não tem gosto de suco de maçã de verdade. Confesso que fiquei decepcionada, porém…

Ela tem tampa feliz! Então resolvi batizá-la de garrafinha feliz.

E juro, que se você ficar encarando a tampa, tu também vai entrar na vibe, e esquecer que ela tem sabor de “nada”, e ficar feliz. É sério!

Ps. Este micro post, é para Faby, que comprou uma garrafinha feliz  lá em Fortaleza, só que sabor morango, e gosta de posts micros, e ficou a tarde inteira tentando resolver o problema do meu notebook, enquanto poderia está dormindo, ou brincando com seu gatinho poncho…  Obrigada!!!

Ele é bem pititinho. E bem bobinho.

Hoje estou assim, bem boba, hahah!!!

E a vida segue…

Bjs!

Esse é só um desafio... Hello Mr. Postman Mil Fotos Pra Você

Hello Mr. Postman!

agosto 29, 2018

Este é o post mais esperado pela Faby.

Demorou um pouco amiga, mas chegou a hora. E como você já sabe, não sou nenhuma blogueirinha que faz a linha : Tutu Pom – Hahaha! Mas fica aqui registrado mais uma vez meu muito obrigada. A sua caixa recheada de docinhos asiáticos, já está pronta e segue na próxima semana. Aguarde!!!

Comidinhas deliciosamente fofas –  Amiga confesso que depois de quase um mês sobrou o café Coreano que estou guardando para um momento especial aqui no blog.

Esse adesivos que são uma coisa de tão meigos + material para trabalhinhos manuais + blusa de lã rosa bem macia, para o restinho desse frio.

Carimbos da loja Amor perfeito – o trabalho dele é muito amor gente. Máscara para ficar muito coreaninha. Isso é tão você!

Vida que segue…

Beijos!

Esse é só um desafio... Mil Fotos Pra Você

É Mais Um Dia Calmo Por Aqui…

agosto 28, 2018

Já acordo com o céu aberto, um sol que deixa as paredes do quarto um tom de amarelo ouro, e um  vento indescritível, que uiva feito um lobo, e ainda tem um friozinho maneiro, que eu estou adorando neste mês de agosto, e que não é normal. A minha pitangueira, meu maior orgulho no jardim tem exalado um incrível perfume adocicado com notas cítricas – Respiro fundo para inalar sua fragrância. O vento faz com que todas as plantas do jardim, dancem e enquanto colho as folhas da grama, me sinto abençoada por isso.

Pena que Tereza, não goste da natureza: das folhas rodopiando no condomínio, do cantar dos pássaros, da água da chuva, das lagartas que viram borboletas – viram lindas borboletas Tereza, é serio, é uma metamorfose tão intensa que me deixa extasiada. Ah, Tereza, que pena que na tua idade ainda não entenda o significado de algo tão mágico.

Ps. Teresa é minha vizinha de porta que reclama de tudo… A Tereza vem tentando tirar a minha paz… E eu medito ao som de todo essa lamentação. É só mais uma provação, de tantas que temos que enfrentar todo santo dia… Infelizmente todos temos uma Tereza em algum momento de nossas vidas.

Porém, vamos aqui refletir; o que Tereza tem a me ensinar com isso???

Reflitamos…

Reflitamos…

Reflitamos…

Quando encontrar a resposta para essa pergunta do por quê Teresas existem, volto aqui para contar para vocês…

E a vida segue…

Beijos!!!

 

 

Esse é só um desafio... Mil Fotos Pra Você

Esse é Um Post de Aleatoriedade, e Também de um Desafio…

agosto 27, 2018

Fui convidada para o aniversário da Maria Fernanda, que completou 8 anos no último sábado, e ela me parecia bem feliz da vida ( mas quem não é feliz aos oito anos de idade não é verdade?) Ganhei o primeiro pedaço de bolo, ou seja, fiquei feliz também…

Concluir meu trabalhinho manual da semana – meu porta moeda de gatinho… Wow!!! Olha, sou uma criatura que ama tudo que faz, e quando acabo de concluir  dependendo do dia; tem dancinha da felicidade; que pode ser passos loucos e aleatórios ou falo para Deus e o mundo ouvir, em alto e bom som – Caraca eu sou incrível !Sou o máximo! Sou foda mesmo, olha só o que fiz!

Porém tem sempre uma vozinha falando – Morgânia menos, Morgânia deixar de ser vaidosa, Morgânia é importante ser humilde… Olha eu sei de tudo isso, mas é só um minutinho de euforia, e não acredito que vou pro inferno por me achar poderosa, por um minutinho que seja, porque né, se eu não adorar e admirar meu trabalho quem vai?

E ficar esperando aprovação dos outros , vamos combinar que é uma grande furada?  Então… WOOOOW!!!

Por três fins de semana fui ao Templo Shin Budista de Brasília, para a quermesse mais fofa de todas, na minha opinião. Fui basicamente para comprar doces asiáticos ( Faby aguarde, a sua caixa tem doce para deixar tua vida açucarada) Hahaha!

Não sei se irei fazer um post falando sobre este evento, já tem post desse tema aqui no blog … Mas não estou dizendo que sim, e nem que não…

A quermesse ganhou meu coração em disparada; porque é o melhor evento, melhor ambiente, melhor tudo e ainda tem doces fofos e quase nada de barulho. Venero o silêncio e detesto festas barulhentas e chatas.

Fica aqui meu pedido de desculpas, para as muitas vezes que fui convidada para festas e simplesmente não fui…

Não rola, sabe?

Gente, meu bem estar em primeiro lugar, sempre!

Estou mais para o : OMMMMMMM!

Ah! Mas na festa rola uma músicas mais agitadas para as pessoas dançarem as coreografias, mas são tão meigas que não ligo.

Aqui o meu desejo da noite, este balão de gás hélio, que custava R$ 35, mas que só durava dois dias, evidentemente se você não tiver um gato dentro de casa.  Porque ele é transparante e tinha um pisca-pisca, e eu o desejei muito. Mas teria jogado meu rico dinheirinho fora.

E gente, se tu quer ganhar um pedacinho do meu coração, me dá balões e pisca-pisca, pelo amor do pai, é muito lindo…  Eu posso até te amar para sempre, afinal tu me deu balões e pisca- pisca.

Minhas patinhas fofinhas (Orfeu) passou por um procedimento cirúrgico, fui muito forte para velo-lo adormecer nos meus braços,por conta da anestesia e o João Paulo leva-lo para a microcirurgia, só de lembrar meu coração dói. Tive que ir para casa e esperar por longas duas horas para busca-lo. Foi só colocar o pé dentro de casa que desabei.

Chorei tudo o que precisava e retornei para busca-lo… Ele estava acordado, meio sonolento, mais feliz. Mas eu tenho consciência que meu filhotinho já tem doze anos, já está cego de um dos olhos, e a idade já esta incomodando ou seja, é só uma questão de tempo.

Como dizia a minha sábia vovó Sinhá : quem não foi na juventude, da velhice não passa.

A questão é:

  • Eu sei como era minha vida antes dele.
  • Sei como é minha vida com ele agora.
  • E não tenho noção de como será, depois que ele for para outro plano.

Ele só é o ser mais importante de minha vida…

A foto é dele, me ajudando a plantar cactos… Mas ele na verdade, só sabe ser fofo mesmo, e isso já basta.

Gente, fui em um sítio arqueológico, e a sensação de estar ali é surreal. Sobre este evento farei um post, aguardem!

Comprei formas de ursos para fazer bolos, e ainda prefiro as de alumínio ou de vidro, o bolo fica com uma cara engraçada, mas ainda prefiro as antigas porque notei que a receita assa por igual, e as formas de silicone deixam a desejar. E antes que me digam : pode ser o forno.

Não, não mesmo, meu forninho é porreta de bom.

Mas elas servem para fazer gelatinas, chocolates, pudins…

Neste domingo, fui para a Chapada Imperial e molhei meus pés em uma água geladinha, cheias de peixinhos.  Também farei post sobre esse passeio. Preciso descrever sobre os peixes, araras azuis, do verde do mato, das piscinas naturais, das árvores do cerrado… e de como eu sou covarde e fiquei no balancinho de criança, enquanto as pessoas se divertiam se aventurando no arborismo hahah!

O máximo que fico fora do chão é exatos a altura de um balanço de criança, eu estava literalmente brincando com as crianças e foi o máximo, só para deixar registrado.

Então é isso, vida que segue…

Beijos 🙂