Browsing Category

Mil Fotos Pra Você

Mil Fotos Pra Você

Um Quentinho no Coração

junho 23, 2017

Já chegou um ventinho gelado por aqui, e com ele as últimas folhas e flores estão se desprendendo dos galhos das minhas bougainvílleas e rodopiam pela grama do jardim.

Enquanto espero pela primavera para que elas voltem a florescer, faço o meu velho e bom ritual – tricotar uma touca para os dias frios.  Afinal de contas, tricoto desde os dezessete anos de idade e sempre espero ansiosa por esses dias menos quentes, porque vamos combinar né: não tem como se quer pensar em um novelo de lã em um calor insuportável não é verdade?

E assim, da maneira mais simples possível, faço pontinho por pontinho e arremato com  a delicadeza do feito a mão, do feito por mim.

Só para deixar registrado, o quanto as coisas singelas são capazes de deixar os dias e por que não a vida mais incrivelmente gostosa.

E ainda faz um quentinho na alma corpo e coração, bom né?

Beijo 🙂

2 on 2 Mil Fotos Pra Você

2 on 2

junho 5, 2017

O projeto está atrasado só um pouquinho querida Faby, perdoe-me  por isso. Tive alguns problemas técnicos, que já foram resolvidos…

Aqui segue as fotos de um aniversário com tema  picnic no parque da cidade, que tive a oportunidade de fotografar. Tinha tantas cores e alegria, que desejei você aqui para fotografarmos juntas. Assim poderíamos trocar conhecimentos fotográficos; já pensou que legal seria?

Como sempre, a luz estava magnifica!

Quero mais momentos doces e coloridos por toda a minha vida, e você?


Blog da Faby: Aqui .

 

Mil Fotos Pra Você

Bendito Benedito

maio 31, 2017

Esse é o B, o Bendito, na verdade o Bendito Benedito 🙂 o gatinho que vive a exatos quinze dias no sótão aqui de casa. O Benedito apareceu assim, do nada lá na fábrica e não quis mais sair, peguei o bicho e trouxe para viver por aqui. Já levei ao veterinário, e já está castrado, vacinado e muito bem alimentado.

Só essa semana, já são seis novos arranhões na minha mão direita, e mais quatro no joelho,”pelo amor de Deus como isso dói” o Benedito tem mania de agarrar em um dos meus pés ou minha perna e ficar pendurado, subir até meu ombro é uma outra mania dele, até que ele brincando com meu cabelo cortou uma mecha (como assim o bicho corta cabelo?) sério, fiquei em choque olhando aquela cabelo todo na minha mão. Pois não gosto de cortar meu cabelo, nunca gostei, e nunca vou gostar, passo longe de qualquer moda sobre esse assunto. Agora tenho mantido o B bem longe deles.

O B tem feito meu coração bater acelerado, porque ele me assusta o tempo todo – ele sempre está na espreita esperando o momento certo para atacar e de súbito tenho um gato pulando em minha direção – não sei bem se isso é normal hahha!

Provavelmente os vizinhos já escutaram meus gritos aqui no condomínio do tipo: B solta , B não faça isso, B, B, BBBBBBB, seu gatinho endiabrado… Não sei não, mas acredito que o Bendito Benedito quer vingança, afinal de contas mandei castra-lo…

No entanto esse gatinho que segundo o João Paulo, veterinário dos meus cachorros, tem somente 5 meses de idade, ou seja: estou torcendo que ele torne-se um gato gordo (porque ele é muito magro) do tipo tranquilão em um futuro próximo.

Apesar de tudo acabei perdendo o medo que tinha pelos bichanos e sinto saudades quando estou fora de casa desse magrelinho, e ando me comportando feito mãe boba de bichos: comprando e costurando coisinhas fofas para ele. Afinal de contas ela ainda é um bebê.

Nas imagens que filmei ele está no seu momento fofo e doce, mesmo com as garras expostas. É sempre assim: hora calmo; hora agitado. Porém amo essa verdade do Benedito, talvez por isso  o admire tanto, ele não está nem aí para nada, vive a vida dele de boa, capta e compreende quando quer, chega junto se está afim, se não, ignora e está tudo bem. Esse bicho é tão independente…

 

 

Mil Fotos Pra Você

Aleatoriedades…

maio 11, 2017

A minha semana merece um Vade Retro em alto e bom som, porque muita coisa vem dando errado desde que este mês começou  – estou doente desde sábado; sábado esse que foi meu aniversário, e eu poderia perfeitamente ter usado um chapeuzinho de papel sobre a cabeça, esperar o grande momento de assoprar as velhinhas sozinha, para celebrar minha existência e blá, blá,blá. No entanto essa data só significa, que  o pior dia dos 365 dias do ano chegou.

Sempre detestei fazer aniversário, não sei explicar só fico profundamente triste neste dia. Além do mais, não acredito que a  passagens das datas comemorativas mudem alguma coisa, como muitos acreditam…

Ficar dentro de casa por tanto tempo me deixa mais irritada e incomoda mais que a dor que sinto. Acredito que meu mau humor tem mais haver mesmo com o fato de que precisei adiar minha viagem; estou precisando urgentemente de um tempo só pra mim, quebrar o ciclo vicioso que me ronda constantemente.

No feriado, estive na minha cidade “amorzinho, favorita tudo de bom” – Pirenópolis, mas certamente o mês já dava os primeiros sinais que não seria legal, ao invés de ficar na cidade, não, a esperta aqui resolveu que iria a Venda do Bento, um restaurante dentro de uma fazenda que na minha opinião já foi incrível, quando era um espaço pequeno – Tem comida boa, porém cara, tem muito verde, e um montão de coisas antigas espalhadas pelo lugar.

Mas agora que cresceu, ficou um tanto impessoal. O lugar ainda é bem familiar, tipo: cheio de pais, filhos e muito choro de crianças que faz qualquer um que não tenha filhos enlouquecer e querer sair de lá rapidinho. Foi o que eu fiz. Porque você procura um lugar para curtir o feriado, colocar as ideias em dias e ficar calma. Mas todavia não foi bem isso que aconteceu.

Bento, tchau e bença, porque não volto nunca mais! Ok! quem sabe em um dia mais calmo, eu volte…


Procura-se quem tenha tempo para vender – O  Reverson, melhor compositor de todos os tempos e meu amigo mais louco, andou puxando minha orelha, porque não andei treinando com meu ukulele. Preciso de umas seis horinhas a mais para fazer tudo o que preciso, e isso é sério.

Precisando fazer uns paranauê, pra acabar com essa mandinga que baixou por aqui, não posso deixar a peteca cair, não é verdade ? – Vade retro!  🙂 

 


Beijo no coração…

2 on 2 Mil Fotos Pra Você

Das Antigas – 2 on 2

maio 2, 2017

 

Bules, um cachorro de madeira, velhas fotografias em porta-retratos cuidadosamente arrumados sobre mesas e estantes. Muitas louças, talheres, um cesto de vime ao lado de uma poltrona, anjos, bibelôs, bolsas, colares, e muitos livros infinitamente relidos…Tem sido uma experiência prazerosa, procurar por coisas antigas em outras cidades.

Seria capaz de ficar horas em pequenos antiquários, garimpando peças, para a nova decoração da loja. Parece que isso de alguma forma repõe minhas energias e exercita minha criatividade.

Endereço – Coisas de Olhos

Rua Primeiro de Maio, número – 36

Olhos D’Água – Distrito de Alexânia – GO

Mais fotos do projeto 2 on 2  no blog da Faby Tsukino  . 

 

Beijo!!!

2 on 2 Mil Fotos Pra Você

Vem pra Piri… 2 on 2

abril 6, 2017

Em uma casa de adobe de 1870, com portas cor de rosa e corações no letreiro, funciona uma aconchegante pousada –São Judas Tadeu na minha cidade favorita do Goiás – Pirenópolis.

Seria só mais uma pousada como tantas em Piri, no entanto esse lugar tem um diferencial: vocês podem facilmente ter como companhia no café da manhã, um montão de criaturinhas encantadoras. Os macacos sagui aproveitam para buscar alimentos nesta hora do dia.

Tem todo um ritual:

O primeiro chega, sem timidez, e observa a comida posta sobre a farta mesa

Meio impaciente, anda de um lado para o outro esperando para se deleitar.

Em seguida, entra pela pequena janela da cozinha. Ele já sabe que

o Sergio, dono da pousada já o espera todas as manhãs.

Depois de ganhar seu alimento, foge e come rápido, assustado para em seguida

emitir um som chamando os demais. Só posso dizer uma coisa: sou feliz por fazer parte disso tudo.

Mesmo vivendo em um país tropical, ainda continuo sendo surpreendida e apaixonadíssima por nossa fauna e flora…

Etâ vontade de trocar meus vizinhos chatos por estes peludinhos carismáticos…

 

Pensei seriamente em colocar alguns dentro da minha mochila e fugir com eles para Machu Picchu  e ficar por lá… NÃO, isso não é verdade, sei o quão é importante respeitar a natureza, lugar de bicho é no meio do mato.

O projeto atrasou porque:

  1. Estou de mudança na minha empresa e ando atolada no cimento: areia, tintas, pedreiro, serralheiro e muito trabalho – acordando às 4:00 da manhã todo santo dia.
  2.  Minha cadela Trilha que já estava cega (ela tem 12 anos), precisou retirar um dos olhos: anda irritada, nervosa e muito impaciente, e no meio disso tudo, preciso eu, ter muita paciência para medica-la e alimenta-la na boca…Mas ela é minha responsabilidade até o seu fim. Que eu tenha paciência infinita sempre.
  3. Com a mudança da empresa andei me machucando – primeiro deixei o armário cair, no meu joelho e logo em seguida no pé. E ontem ao arrastar uma mesa deixei a cpu do meu computador cair outra vez no meu pé, que está inchado e doendo, e fiz este post só com uma mão direita, porque meu punho está na mesma situação. Então perdoem o meu atraso, me esforcei.

 

Agora, procure uma lugar calmo;uma poltrona, uma cama ou até mesmo uma rede,o local pouco importa, coloca o fone de ouvido, relaxa e escuta Maria Bethânia… Só porque é lindo!!!

 

Beijo!

Mil Fotos Pra Você Na Mordida

Bicho de Goiaba

março 13, 2017

Cozinhar é uma coisa maravilhosa, princialmente se você assim como eu não precisa ou é obrigada a pilotar o fogão todo santo dia.

Essa aqui não é uma das muitas receitas da minha avó Sinhá, mestre na arte de fazer doces caseiros. Mesmo porque eu não gostaria de ficar horas a fio mexendo uma colher de pau até o doce chegar ao ponto certo.

Essa é uma receita de goiabada cascão que desmancha na boca, mas que não tem cara de receita super elaborada, e é feita na panela de pressão.

Fui desenvolvendo ao longo dos anos, acrescentei ingredientes que conclui que combinariam entre si. A inspiração foi surgindo e só fui seguindo o caminho do meu instinto. E que coisa mais linda é a criação, não é verdade?

Vou deixar a receita aqui que garanto: cura espinhela caída, olho gordo, depressão, praga de mãe e de madrinha hahah!

Ok! isso é brincadeira, mas manter a mente e corpo ocupado faz muito bem ao coração e o ambiente fica com cheirinho de casa de vó. Então só por hoje, vamos abraçar as panelas.

Receita

1 Kg de goiaba

500g de açúcar mascavo

2 cálices do seu vinho tinto suave favorito ( prefiro o vinho tinto porque ele deixa o doce com essa cor escura linda, não gosto de nada branco com cara de azedo). Mas vocês podem acrescentar o vinho branco, aqui vale o gosto pessoal de cada um, certo?

200ml  de água.

Modo de Preparo 

Lave e pique as goiabas; a casca e o caroço também . Lembre-se, esse é um doce de goiabada cascão.

Em uma penela de pressão, intercale uma camada de goiabas picadas e outra de açúcar mascavo, e por fim acrescente o vinho e a água.

Feche a panela, quando começar a dar pressão conte mais 15 minutos e só depois desligue o fogo. Abra a panela de pressão somente quanto todo o ar estiver saído naturalmente. Nada de colocar debaixo da torneira da pia para acelerar a abertura. Entenda que esse tempo é importante para  as frutas continuarem  seu cozimento.

Passado essa etapa, vocês podem optar por consumir o doce em pedaços, ou bater no liquidificador. Sinceramente prefiro a segunda opção, pois acho que o deixa  com  textura aveludada. Em seguida é só peneira-lo, colocar nos potes e correr pro abraço dos amigos! Porque gente, meus amigos adoram os doces que faço.

 

Meus potes de doces, distribui entre meus vizinhos  de comércio. Mas vocês podem vender, presentear a família, amigos ou esconder e comer tudinho sozinho.

Beijo doce!!!

Ps. Experimentem com outras frutas, pessoal fica muito bom, verdade eu já testei com todas…

2 on 2 Diário de Viagem Mil Fotos Pra Você The Road Is Home

2 on 2- Carnaval

março 2, 2017

 

O post de hoje, é para quem como eu ainda está em clima de carnaval… e desculpe pelo palavrão que segue ao longo deste post, mas só estou escrevendo o que ouvi em uma das quatro cidades que andei por esse carnaval de meu Deus, ou será do diabo?

E FODEU A PIRANHA APARECEU!

E FODEU A PIRANHA APARECEU!

E FODEU A PIRANHA APARECEU!

O ano passado quando visitei a cidade de Olhos D’ Água, soube do carnaval de rua um tanto diferente e engraçado; – segundo algumas pessoas, era de costume os homens do local usarem roupas femininas para comemorar uma das festas mais esperadas por boa parte do povo brasileiro.

Como já disse antes, tudo neste lugar é simples, e a festa não é diferente.

Teve beijo, abraço, homens de vestidos, de maquiagem tosca, de pernocas de fora, cerveja gelada, chuva, teve briga, palavrão, um singelo protesto contra a Temer (FORA TEMER!!!).

Muita música e uma infinidade de ritmos, de todos cantos deste país.

E claro, que não poderia deixar de conferir  isso de perto minha gente. E só tenho uma coisa a dizer: É de rolar de rir observar os moços na versão feminina.

Confere só:

Faby você curtiu o carnaval?

Beijo 🙂

 

 

2 on 2 Mil Fotos Pra Você

Meu Pé de Pitanga – 2 on 2

janeiro 2, 2017

Paulo, o seu presente, cresceu, floriu e deu os primeiros frutos.

Foram quatro anos de uma longa ansiedade de minha parte; não é fácil fazer crescer uma árvore em terreno com entulho de construção. Dei o meu melhor: transplantei, reguei, esperei, e acreditei que seria possível. Ele se esforçou, bem sei de todo o sacrifício desse pezinho. Se não brotasse nenhum fruto, poderia fazer banho com suas folhas.

Sabe Paulo, as folhas desta planta é um santo remédio para baixar a febre.

A primeira floração foi linda, soltei o maior grito de emoção. Agora eu sabia, faltava muito pouco para relembrar do gosto fresco e cheiro de perfume de pitanga que nenhum boticário até o momento conseguiu reproduzir.

Os frutos também foram tímidos, e ainda tive que dividi-los com os pássaros e abelhas; não foi suficiente para fazer nem mesmo um copo de suco, porém  não liguei. O mais importante é que seu presente, me fez  retornar as tardes na roça do vovô Sóstenes: pensa em uma criatura que adorava subir nas árvores e alimentar os netos com tudo quanto é tipo de fruta!

Pitanga a “Eugênia Uniflora” – essa frutinha que parece uma mini abóbora  de cor vermelha e alaranjada, de sabor marcante, tem fruto frágil, mas suas folhas  são  um poderoso anti-inflamatório natural usado para tratar: hipertensão, bronquite e até doença do coração.

Obrigada pelo melhor presente que já ganhei em quatros anos.

A felicidade pode está em um pé de pitanga, né?

 

Tem mais no blog da Faby Tsukino.

Blog da Faby Tsukino 

Beijos!