Na Mordida

O Capuccino da Vó Sinhá!

agosto 5, 2014
Alguns anos atrás minha cunhada Rosana me mostrou um livro das antigas, com algumas folhas rabiscadas e outras amassadas(coisa bastante típica de quem tem filhos pequenos em casa).No entanto mesmo nestas condições,eu pude notar  quanto carinho ela tinha por aquele amontoado de folhas amareladas pelo tempo.No livro você encontra de tudo para vamos dizer assim: ser uma boa dona de casa.Acho que ela não queria que eu matasse o irmão dela de fome,sabe?
Coincidência ou não o livro tinha o apelido da minha avó paterna Olívia;mas que todo mundo conhecia por Sinhá.
Bê – a – bá da cozinha   – Vovó Sinhá. O Livro que ensina a cozinhar.
Porém, que eu me lembre a vovó gostava mesmo era das artes assim como eu, e foi com ela que aprendi a costurar e a fazer outras coisas.Na verdade,minhas avós nunca foram quitandeiras, e sim costureiras,fazendeiras; que cuidavam de gado,do cacau, da horta,do café e de um bocado de filhos e ainda tinha que aguentar um marido rsrsrs, tudo ao mesmo tempo e sem ajuda (tenho tanto orgulho de vocês meus amores).
Mas então Morgânia elas não cozinhavam? Ah, sim, mas comida simples sem grandes frescuras. E não lembro de alguém reclamar disso.
Portanto querida Rosana eu gostei do livro por questões menos óbvias, porque ele me fez lembrar um pouco da minha história, e se testei meia dúzia de receitas, foi muito, confesso!
E certamente foi isso que me fez querer fazer uma cópia e leva-lo comigo pra casa.E não o ato de aprender a ser uma chefe.
Sei que jamais serei a melhor cozinheira do mundo,mas nada me impede de dá meus pulos por lá ” na cozinha”,ora se não, sempre fui metida a querer a fazer tudo.E faço direitinho viu!
E uma das poucas receitas que testei, foi o cappuccino.E eu sei que existe uma galera do café por aqui,principalmente quando eu falo da minha obsessão por meus chás.Tem sempre alguém que diz gostar mais de café.
Então pessoas queridas,e principalmente você Daniele Tamara,que vive perguntando porque meu café é diferente,aqui está um dos meus segredos.E se quiser um conselho eu dou: faça no cantinho revesado da cozinha,sem presa e por favor não saboreie somente depois dele pronto, aprenda a curti o processo de como ele está sendo feito.O melhor não é a chegada mas todo o caminho que você percorre.
Receita:

400g de leite em pó integral.
100g de café solúvel.
100g de açúcar. 
50 g de chocolate em pó solúvel.

Preparo:

Junte todos os ingredientes e peneire 3 vezes. Depois guarde em potes de vidros.



Bom, esse é a receita da vó Sinhá.
E agora cabe somente a você testar possíveis combinações.Cada um tem gosto, não é verdade?
Vocês podem prepara-lo com água,ou leite,canela,gengibre,lascas de chocolate,aqui o céu é o limite.

O meu eu costumo fazer assim: leite,gengibre desidratado,e uma colher de creme de leite.

Até o próximo post pessoal!
🙂





You Might Also Like

12 Comments

  • Reply Patricia Leardine agosto 6, 2014 at 11:34 am

    Nesse post me dei conta que: não sabia fazer capuccino, tudo que é caseiro é mais gostoso e um simples potinho de vidro com carinho se transforma num mimo com sabor 🙂

  • Reply morgania agosto 6, 2014 at 11:48 am

    Ah, sim querida Pat,caseiro é melhor realmente, e uma embalagem fofinha faz tanta diferença. Você pode até presentear os amigos 🙂
    Beijos e se cuida.

  • Reply Laura Nolasco agosto 6, 2014 at 8:55 pm

    Querida Morgania, como sempre (e já deve estar até enjoativo): belíssimas fotos!
    Adorei os potinhos, tão delicados e fofinhos!
    Capuccino é só amor! Os aromas se misturando, o sabor… é tudo mágico nessa receita. Pra mim a melhor combinação é com leite e canela… amo canela <3
    Beijos,
    até mais!

    • Reply morgania agosto 7, 2014 at 12:27 am

      Laurinha, minha querida, obrigada.
      Beijos se cuida.

  • Reply daniele.tamara agosto 7, 2014 at 12:02 am

    Morg's… Deixa eu te fala, comecei a tomar cappuccino, aqueles prontos de mercado mesmo.
    As vezes no trabalho da uma vontade de tomar algo quentinho, ainda mais nesse frio… como temos uma chaleira elétrica no setor, vou la esquento uma água e faço. E pode acreditar eu lembro de você! Daquelas canecas lindas de café que você faz. Anotei sua receita e vou tentar fazer sozinha e levar em um potinho, vamos ver no que vai dar rsrsrs 😛
    Fofura esses seus frasquinhos de vidro.
    OBS: fiquei super boba de ver meu nome no post =x

    >.<

    Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijo

  • Reply morgania agosto 7, 2014 at 12:15 am

    Fala sério amiga, teu nome mor aparece o tempo todo por aqui. E olha que eu nem te conheço pessoalmente, AINDA né? Porque sonho com isso.
    E pode esperar que vai chegar uma caixa de inverno com potinhos de café feito por mim.
    HAHAHAH 🙂
    Beijo se cuida.

  • Reply Fernanda Maria agosto 7, 2014 at 8:52 pm

    Adoreeeeei essa receita, vou querer fazer, por nos potinhos e tudo, amei.

  • Reply Coisas da Lívia agosto 8, 2014 at 2:02 pm

    Uma ótima dica de lembrança para casamento…amei!!

    Beijocas

  • Reply Tamy Batista agosto 10, 2014 at 12:21 am

    Um post de vovó seguido do outro é pra deixar meu coração sorridente <3
    Cara, como pode hein? Você é a pessoa mais linda pra fazer post's! Tanto carinho e dedicação!
    Sabe o que eu queria, ver suas obras de pertinho! Quando você escreve sobre o tempo que costura e tals, tenho muito essa curiosidade, acho que seria o mais próximo que eu chegaria de você, heheehe <3
    E é óbvio, óbvio, óbvio que eu amei esse post e CLARO QUE EU ANOTEI ESSA RECEITA <3
    Receitas de café tem sempre credibilidade, hehehe! Pena que eu não sou tão boa como você pra deixar o café ainda mais perfeito no potinho *___* Mas farei com certeza e mostrarei pra você!
    Um beijo Morgânia coisa linda <3
    Tamy | http://www.descoladavida.com

  • Reply CELLI ✿ ´´ agosto 10, 2014 at 2:07 am

    Receita de capuccino! o/ Muito obrigada ^_^

  • Reply Renata agosto 10, 2014 at 2:12 am

    Gente, que gracinha! Adorei a receita *-*
    Beijo!

  • Reply Nanda Torres agosto 10, 2014 at 11:14 pm

    Morg, eu já falei aqui que me encanto pelas suas fotos, mas sabe outra coisa que me deixa vidrada? As histórias que você conta, a forma como você transforma um simples acontecimento em "poesia".Sim, poesia! É assim que eu sinto quando leio seus posts, embarcada numa história tão gostosa!
    Obg por escrever assim, e não-obrigada por me matar de vontade de provar hahaha

    beijos

  • Leave a Reply