O que você está pensando Lapão?

Esse é o Lapão, o urso que vive há dois anos na estante de livro da sala aqui de casa. O único urso triste entre tantos foi o que me fez gostar dele.Ele parecia ter um silêncio tão singular, mas também uma angústia,um vazio.
E por muitas vezes,olhando pra ele disse: Um dia te descosturo e meto um sorriso nessa tua cara triste.
No entanto sem recorrer a tal crueldade( que triste cortar o pobre coitado que me parece sofrer tanto), decidi fazer um projeto fotográfico, sobre a insatisfação humana.Afim de tentar compreender as coisas num nível profundo.
O Lapão  irá representar pessoas que conheço pessoalmente ou não, e que se encontram emocionalmente doentes. Pessoas tão abaladas e insatisfeitas,que me escrevem e suplicam ajuda.
Não acredito que possa ajudar, mas às vezes, a forma mais fácil de amenizar a angustia é silenciar a mente.Isso já ensinavam os grandes mestres.
Silenciar-se,calar o pensamento. Isso mesmo! calar-se internamente… Talvez essa seja a melhor forma de encontrar o equilíbrio.
E, para terminar, deixo aqui a primeira parte das fotos; são dicas simples,que por alguns segundos podem fazer uma grande diferença.

 Melhor a agente conversar!

E se eu te contar uma história?

 Uma massagem?

 Um carinho nas costas,talvez? Isso funciona comigo…

Quem sabe dormir?

Melhor esperar…
Ps. Fotos feitas no monocromático da máquina.
Equipamento: EOS Rebel T31 

5 thoughts on “O que você está pensando Lapão?

  1. Fico deslumbrada com a vida presente nos objetos. Quer dizer, Lapão não é mais um objeto, é um urso com sua vida de brinquedo. E a primeira foto é muito expressiva! Lapão tem o olhar no infinito, e a pelúcia aqui na Terra.

  2. Lindas as fotos, Morgs…
    Como sempre, a ternura que você consegue expressar quando fotografa me encanta muito.
    Seu urso triste é lindo também, e olha, não é querendo ser chata mas pra mim faltou a dica que funciona muito pra mim e que daria uma belíssima foto: Um abraço! Abraços sempre me deixam melhor.
    Saudades de você e das nossas tagarelices na feira!
    Beijos,
    Laurinha

    1. Ah, querida Laura, esse é só o começo do projeto, terá abraços(muitos) e tudo que a minha imaginação puder capturar em fotos.Pode deixar.
      E sim, eu posso ser terrivelmente tagarela.
      Preciso fazer o post do nosso encontro, em BH.Voltar a Belo Horizonte depois de 15 anos,só valeu a pena porque encontrei você, acredite.Beijos te adoro.

  3. Como sempre eu amei né, lindas fotos, deu vida ao ursinho…aaaa que deu até vontade de fotografar os meus rssss tem um cachorrinho que não consigo me desfazer dele é meu xodó e pior ainda, as vezes pego ele como se fosse cachorro de verdade hahahahahaha
    Amei Morg, tudo lindo demais
    Bjs mil

Deixe uma resposta