Obsessão

No último sábado a Juciele Fonseca do blog: Meu filme virou um livro que eu só conhecia virtualmente e vivia em Minas, me fez um convite para conhecer a exposição “Obsessão infinita”da Yayoi Kusama.. Ah! Que fique claro:ela não veio especialmente para a exposição.Tem menos de dois messes que a Juciele vive aqui e estuda (jornalismo) na UNB.
A exposição marca a estreia da artista no Brasil, que tem 84 anos e vive por vontade própria em uma clínica psiquiátrica em Tóquio desde 1973. Yayoi sofre de transtorno obsessivo – compulsivo e de alucinações além do TOC por pontos e bolinhas, daí o nome obsessão infinita, que acabou se tornando sua marca registrada.
A Jú combinou de nós encontramos às 15:30 na Biblioteca Nacional,já que ela queria pegar o ônibus que estava disponível  e de graça que fazia o trajeto até o Centro Cultural do Banco do Brasil.
Depois das devidas apresentações, estávamos à caminho para aproveitamos ao máximo,o resto do dia.
Quando chegamos, tinha filas enormes para todos os lados,o que fazia jus ao quesito que a exposição era sucesso absoluto também aqui em Brasília.Enquanto esperávamos, tivemos tempo o suficiente para nós conhecermos melhor – conversar sobre a vida os planos e sonhos, essas coisas básicas que todo mundo faz no primeiro encontro.
Essa é a Jú, típica mineirinha, tranquila 🙂
Momento tenso :/ 
Vinte segundo pra entrar em um cubículo de sala, com sete pessoas ( eu não achei isso nada legal). Ou seja muita gente algumas cutucada na cabeça do senhor logo lá no fundo; porque ele estava tirando foto com o celular, e me cutucava sem querer é claro. Mas só nesse processo, ele me roubou uns oito segundos, contando que foram umas quatros cutucadas. 
Foi tão pouco tempo que: ou reclamava com o moço, ou tentava fazer uma foto meia boca; optei pela segunda opção.
Em meio a minha indignação por conta dos poucos segundos e todo o resto,e já fora da sala: essa senhora simpática chamou eu e a Jú,para conversar: (não perguntei o nome dela)porque ela também concordava comigo.
Já este espaço, fica em uma sala escura, cheia de pequenos adesivos de papel colorido e colado até o teto cobrindo todos os objetos.Você pode ficar quanto tempo quiser, e se estiver com roupas de cores claras vai lembrar e  muito um abajur. Suas fotos ficam terrivelmente horríveis, porque aqui você não pode usar o flash – tem uma moça que fica alertando feito um robô para não fazer isso. Não sei bem se gostei disso.
🙂

Meu note não edita mais pelo Movie Maker ou qualquer outro editor (o que é bem triste). Não me importo em varar a noite tentando colocar vídeos aqui.Na verdade eu adoro isso;é frustante quando não dá certo: choro horrores em frente ao computador,e me culpo pro resto da vida – sou intensa e levo tudo aos extremos.
No entanto continuo tentando, não sei explicar, acho que essa coisa da dificuldade me move de uma maneira viciante. Agora eu realmente não sei quando vou poder resolver mais esse problema.Porque os técnicos já não tem mais uma solução pra ele. Ou seja, o bichinho vai bater as botas kkk, tadinho!
Porém a Jú gravou meu momento abajur. Então está aqui,de uma maneira que eu também nem sei explicar: meio lenta e torta e sem som,mas engraçada.
Foto da Jú
Por que o amor só é bonito em fotos???
Como não tive tempo pra almoçar, esse foi meu almoço,lanche e janta : empada de camarão, pão  de queijo e chá mate gelado 🙂
Anoiteceu e as filas continuavam gigantescas.Nem eu e muito menos a Jú estávamos com ânimo para enfrentar tudo outra vez e visitarmos mais outras duas salas.Achamos melhor esperar em uma outra fila tão gigante quanto, para esperar o ônibus de graça,só que agora pra casa.

21 thoughts on “Obsessão

  1. Morg, eu amei seu post, e espero que um dia você conheça outra mineira sabe hahahaha
    O que mais me chamou a atenção foi sua indagação, porque o amor só é bonito em fotos?
    Eu concordo 🙁

    beijosmil

  2. Morg extremista sempre! Hehehe…
    Acredita que não fui na exposição, enrolei enrolei e perdi, mas vi fotos de lá em praticamente todos os blog de Brasília, então deu para ver como era mais ou menos, hehehe.

  3. Hello there! I could have sworn I've been to this blog before but after going through some of the posts I realized it's new to
    me. Regardless, I'm certainly happy I discovered it and
    I'll be book-marking it and checking back frequently!

    Also visit my website; world at arms editor

  4. Aiiiiiiiiiiiiiiiii adorei essas bolas coloridas, tenho uma tara por elas.
    Sabes quelas que passa caminhão vendendo, ou trocando por roupas? HAHAHAHA eu adoro elas!
    PS: As fotos estão lindas, como sempre…

    Beijos

  5. Amo visitar o CCBB, é um espaço que envolve muita cultura em Brasília, volta e meia tem eventos interessantíssimos por lá.

    Beijos

    agora-dezoito.blogspot.com.br

  6. Hello, Neat post. There is an issue together with your web site in internet explorer, might check this?
    IE nonetheless is the marketplace chief and
    a large component of other folks will pass over your great writing because of this
    problem.

    Check out my homepage – dragon story hack 2014

  7. You actually make it seem so easy with your presentation but I
    find this matter to be actually something that I think I would never understand.
    It seems too complicated and extremely broad for me.
    I am looking forward for your next post, I'll try to get the hang of it!

    Feel free to visit my web page xbox live code genrator 2014

  8. My brother recommended I may like this blog.
    He was entirely right. This submit actually made my day.

    You cann't believe just how a lot time I had spent for this information! Thank you!

    Feel free to surf to my website :: dragon city hack 2014

Deixe uma resposta