Browsing Tag

feriado

Oi!

Eu tô (estava) em Minas Gerais.

abril 24, 2014

Sério, jurei que começaria esse texto bem assim;  Oi pessoal! Tô em Minas Gerais.Porém , estou escrevendo em território federal mesmo. O motivo foi bem simples: estava em uma casa sem internet, completamente desconectada do mundo. O único minuto que consegui um sinal, durou o tempo de uma foto no instagram e trocar algumas mensagem com Daniele Tamara,lá do Sul (amiga valeu!).
No entanto,começou de uma maneira um tanto curiosa,minha primeira viagem do ano. Acreditem ou não, a parte mais legal, foi o trajeto até chegar a cidade- sempre foi a mais chata de todas pra mim. Agora por algum motivo essa coisa mudou, vai entender – Até o Orfeu que sempre ficava estressado, se comportou direitinho, enchendo meu coração de orgulho.
É verdade que encontrei pessoas queridas, conheci outras e tive o desprazer de conviver com alguns antigos fantasmas por algumas horas, mas faz parte dessa vida mortificante e entediante. 
No meio disso tudo, ainda teve uma festa de quinze anos,que dei uma ajuda básica – mas não fotografei; estou me recusando a fazer fotos em ambientes com pouca luz – cheguei a conclusão que não vale a pena,com minhas lentes atuais. E assim  não fico decepcionada depois, com fotos de péssima qualidade.

Primeira parada para abastecer e trocar de roupa; ficou muito quente de uma hora pra outra, e a essa altura já estava com saudade do clima frio de Brasília.

Espeto de frango empanado com aparência e gosto esquisito; por vias das dúvidas, acabei comendo um cheetos mesmo.
Encontrei esse fusca no caminho,tem carro mais fofo?

Suco de milho – a etiqueta está muito torta; acho que a pessoa que colou tem pouca ou nenhuma coordenação motora rsrsrs, mas o gosto estava bom.

🙂
E de uma hora pra outra o tempo mudou, e como dizem os mineiros: nur, mais o trem ficou bonito demais sô! Pena que durou pouco 🙁
 Esse opala bem que ficaria bonito na minha garagem – tenho um gosto antigão, não tem jeito mesmo.
E  o dia deu passagem a noite que vinha chegando…olha  esse  pôr – do – sol.
Sete horas depois estava em Minas.

Uma foto noturna da minha bola de pelo na pracinha.
Na sexta…
Minas = queijo.Biscoito de queijo,pão de queijo, roscas,pudins…tudo leva queijo, e você volta dez quilos mais gorda pra casa.
🙂

 Essa é a Pucca, que vive rosnando pro Orfeu.

Sexta-feira santa sem bacalhau, não vale.E se não fosse minha amiga Zilda eu teria um feriado frustado. O Felix deixou tudo melhor, ao me oferecer um vinho sem álcool,que ele mesmo preparou com jabuticabas do seu pomar. Então, eu ganhei o dia …Sério, o vinho é delicioso.

No sábado,fui ajudar na decoração do salão, e adivinha quem ganhou dois discos? Agora já são três pra minha coleção, estou precisando encontrar uma vitrola amarela urgente.
🙂

1.(foto) Forrei a caixa de presente e fiz um submarino de EVA. 2.(foto) Ajudei a Letícia com o segundo submarino de papelão; nesta versão as pessoas podiam colocar  a cabeça dentro das janelas para serem fotografadas. 3.(foto) Uma das mesas de doces.4.(foto) Detalhes do topo do bolo.
O resto foi festa…
Já na manhã seguinte…
Eu não ficaria triste, se pudesse viver nesta casa, sabe?
Declarações de amor pelos muros da cidade.
Encontrei um hiper gaúcho, e comprei essas pulseiras.

O que planejei fazer (e não deu certo):
* Post diários – sem internet isso não era possível.
* Fazer minha segunda tatuagem com o Tom; o mesmo que fez a primeira – feriadão em cidade pequena o comércio local fecha.

* Comprar um livro – como não gosto muito de artesanato local (souvenir) – precisa ser muito, mais muito legal para que eu mostre algum interesse por eles; prefiro um livro, isso já é lei;se estou em outra cidade, preciso comprar e levar pra casa.

* Ir ao cinema, que ficava pertinho da casa onde estava,só que no domingo  tinha um churrasco – nem estou comendo carne vermelha,mas seria uma falta de consideração não aparecer, ou seja  foi no minimo engraçado.

* Sair com a Izabella; a menina mais elegante que conheço.Na correria, a única vez que encontrei com a Iza foi na festa e bem rápido.

* E claro fazer fotos – mas o único dia que tive um tempinho por míseras meia hora foi no sábado(o comércio abre às 9:00 e fecha às 13:00) no centrinho local,para comprar alguns materiais para enfeitar a festa da Amanda; adorei ajudar na decoração,  mas foi chato não ter fotografado o que tinha planejado. O engraçado é que sempre tenho a impressão que viajo para ficar cansada; é sempre tudo tão rápido tão tenso.Eu nem bem chego, já tenho que ir embora.

Fica pra próxima!
E o que vocês fizeram neste feriadão?
Diário de Viagem Oi!

Minas mais uma vez,parte I, II e III

abril 27, 2012
Então gente,fiz uma viagem em família e a senhora internet resolveu me deixar, só postando agora para contar como foi o meu feriado.
Aqui em casa eu e o Leandro não costumamos passar muito tempo fora de casa, por que a fábrica costuma tomar praticamente todo tempo dele e as viagens quase sempre se resumem a casa da família dele em Minas.
Ou seja Araxá outra vez…Veja bem eu amo minha família emprestada, mas toda família tem lá suas peculiaridades e acho que seria muito bom ir para outro lugar vez ou outra né? mas…
Oito horas bem estressantes, até chegar ao meu destino.Gosto de agito,  movimento e a ideia de ficar presa dentro de um carro não me agrada muito, fico de mal humor, depois tenho crises de risos, tiro um montão de fotos malucas pois com o movimento do carro é difícil consegui uma foto boa rs…milhares de paradas para o Orfeu aproveitar a paisagem. Sim o Orfeu sempre viaja comigo, ele é o que mais sente, tipo, fica até doente de tanto que a gente é grudado, quando deixo ele sozinho :(. 
Mas vamos às fotos porque só falar não tem a menor graça.

Fotos do dia 21/

Esta ilustração eu fiz para a viagem,eu o Leandro e o Orfeu hahaha!

O dia estava nascendo quando saímos e estava um friozinho muito bom…

Pra passar o tempo”ignorem meu cabelo na primeira foto cabelo+carro+vento dá nisso, e o Leandro dirigindo!

Orfeu dormindo,eu tentando digitar,música,  um ursinho para fazer companhia, e um cachorrinho bem feliz,na sua primeira parada!
Bom cheguei em Araxá por volta das 2:30 não lembro direito, almocei e fiquei o resto do dia sem fazer nada,a noite fiz uma visita rápida na casa de uma das irmãs do Leandro, depois casa e cama.
Dia 22/
A cidade estava silenciosa, como toda boa cidade em pleno feriado, aproveitei para tirar fotos de algumas lojas, as pessoas de Araxá não gostam muito da ideia de que turistas tirem fotos de suas lojas ¬¬, desculpa aí gente, mas em uma cidade que é voltada para o turismo, não dá pra entender direito, é um tanto estranho.
Então fica a dica, cuidado na hora de fotografar as lojas e casas, já passei por uma situação bem chata, com um cidadão, que achou que eu estava fotografando a sua loja para sequestrar alguém da família dele depois…OI???? 
Primeiro fotos de alguns casarões antigos e praça da cidade.
Acho essa praça um encanto!
Agora fotos de algumas lojas…

 

A cidade tem um mix de arquitetura antiga e moderna algo que eu acho bem apaixonante…Tem muito mais lojas como a Colcci a Hering e outra tantas que não da pra colocar aqui o post já está enorme,encontrei até uma loja de multimarcas que vende a Farm, muito amor né?
A noite pizza na casa da Letícia, não tem foto, esqueci de levar a máquina ¬¬.
Dia 23/
A missão do dia: A procura da empada perfeita.
Acordei bem cedo queria aproveitar o máximo o dia.Aqui ele sempre começa assim na casa da minha sogra
com chá e pão de queijo que ela prepara toda vez que estou na casa dela, ela sabe que eu não bebo café,puro carinho,olha só:
Depois, rua, para procurar a casa da empada;
Se você estiver em Araxá e ama empada como eu, vá até a Barreto’s Mercearia,na minha opinião a melhor, e olha só a casa é bem antiga, dá pra perceber pela foto né?
A tarde aproveitei, para passear pelo Barreiro .


Então é isso pessoal, deu pra aproveitar um  montão o meu feriado, eu tenho muito mais fotos, mas sem internet, tive que fazer um único post e ele acabou ficando gigante,rsrs.
Ps. Foto no quarto da minha sogra.