Browsing Tag

fotos

2 on 2

Para Hoje: Chuva!

Fevereiro 2, 2018

Querida Faby, hoje não dei conta de sair da cama, ainda encontro-me muito doente. Só pude tirar fotos da janela do meu quarto, as dores consomem meu corpo, não tenho ânimo, falta-me  inspiração, paciência e energia…

Porém continuo mentalizando dias melhores, porque é preciso ter fé e acreditar.

 

Mais fotos aqui: Faby Tsukino

🙂

Mil Fotos Pra Você Ronronar

Orfeu, o Café

Janeiro 27, 2018

Este post era para mostrar o café que leva o nome do meu cachorro Orfeu (achei isso sensacional) porém o Benedito, cismou que apareceria nas fotos, mesmo sem ser autorizado; mesmo que a homenagem não tenha sido para ele; mesmo sem saber o que significa café – não que o Orfeu (o cachorro e não o café) saiba.

Nossa isso aqui ficou meio confuso, não é verdade?

Mas o Orfeu “o cachorro” não gosta mesmo de tirar fotos, então o B aproveitou para mostrar suas habilidades como modelo. No entanto as fotos ficaram meio tremidas, já que o Benedito estava de olho em alguns pássaros na hora da sessão de fotos.

Sabe como é, o instinto é sempre mais forte.

Enfim, o café Orfeu é gostoso, o Orfeu é gostoso e o modelo mais gostoso ainda, porque se tem coisa melhor que bichinhos e café eu não conheço… Ok,  tem sim: cobertor, meias quentinhas, dias de chuva, beijo, abraço de quem você ama, pitanga, melancia, buganvília, borboletas, pássaros, máquina fotográfica … Mas isso são temas para outros posts.

Por enquanto aproveitem um pouco de amor felino por aqui 🙂

Ps. Este não é um post patrocinado, só fiquei mega feliz em encontrar um café com o nome do meu amor 🙂

2 on 2 Mil Fotos Pra Você

2 on 2 – Janeiro

Janeiro 2, 2018

Sobre desenhar, costurar e bordar dois amiguinhos para o Benedito – ficar ansiosa para mostrar para ele o resultado e ele simplesmente ignora-los. O bichano virou para o lado da cama e continuou dormindo, aproveitando esse tempo bom de chuva lá fora hahahah!

Não posso tirar a razão dele…não mesmo!

A verdade é que ele prefere abraçar o Orfeu quando ele não está esperando, que também não dá a mínima para ele, a expressão em seu rosto é sempre de um desprezo perplexo.

Amar quem não te ama é complicado Benedito…

Mais fotos aqui Faby Tsukino 

Beijos 🙂

2 on 2 Mil Fotos Pra Você

2 on 2 – Dezembro

dezembro 2, 2017

Termino o ano com um novo projeto, uma declaração de amor silenciosa e provavelmente uma gigantesca aventura; aprender a fotografar  ainda é um desafio, principalmente falando de fotos analógicas. No entanto, muito ansiosa para capturar fragmentos cotidianos do ser humano: vida, amor, solidão, verdades e mentiras…

Agora vamos para o blog da Faby Tsukino 🙂

2 on 2 Mil Fotos Pra Você

2 on 2 – Outubro

outubro 4, 2017

O projeto fez um ano Faby, e mais um vez o meu atrasou, e a culpa é só minha, ando confusa sobre essa coisa da vida ser um grande jogo, e estou  bem cansada de tudo sabe?

Essa semana vou sair da cidade; meio sem rumo, como costumo fazer, só que na companhia do George Harrison.

Parece uma boa ideia, não acha?

Mas sobre o projeto aqui no blog da Faby Tsukino

🙂

2 on 2 Mil Fotos Pra Você

2 on 2 – Agosto

agosto 2, 2017

Juro, que tinha em mente outro tema que não fosse o Benedito, para o 2 on 2 desse mês de agosto. Passei dois dias bordando umas ilustrações que acho que ficaram bem bacanas. Porém foi encostar no notebook para o B começar o jogo de sedução dele – A verdade é que o B sabe me hipnotizar. Ele fica fazendo um bilhão de poses fofas e não consigo pensar em outra coisa a não ser o quanto ele é perfeito, fofinho, lindão e como gostaria que meus cachorros: Orfeu, Trilha e o Valente ficassem alguns minutinhos posando para minha lente, mas a galera simplesmente me ignorara;o que eles querem é sair correndo e rolar pela grama…

E o Benedito sei lá como descobriu essa minha fraqueza por poses de gatinhos. A  coisa anda tão seria que cheguei a cogitar trocar o nome do blog para Benedito O Gato. No entanto,  vou apenas fazer uma categoria para ele aqui.

Porque de uma coisa tenho certeza: aqui vai rolar muita foto desse bichano.

O B sabe o quanto ele é gato e se aproveita disso…

Agora corre para o blog da Faby Tsukino 🙂

Bjs!

Mil Fotos Pra Você Na Mordida

Operação Brigadeiro

julho 21, 2017

Esse é um mini  post sobre meu amigo  Hervé Glon:  65 anos, francês, naturalizado americano (ele viveu por 36 anos na Califórnia) gosta de pegar carona, adora brigadeiro e eu o peguei para criar-lo.

Hahahah!

Ok, eu não o peguei para criar, eu peguei ele na estrada e dei uma carona para Pirenópolis no começo do ano e a gente virou amigo e agora ele está passando algumas semanas aqui em casa ;aprendendo o meu idioma, conhecendo muitas cidades satélites, meus amigos, minha louca e mal humorada rotina, aprendendo gírias e alguns palavrões – e comendo muito brigadeiro.

Ele gostou tanto dos brigadeiros que fiz para a festa da linda Júlia (a festa foi legal né Jú?) que  meio que viciou no doce, a ponto de todas as manhãs no café da manhã  perguntar se iriamos fazer mais brigadeiros.

Sério, parecia uma criança!

A minha resposta sempre variava de acordo com meu humor – Tenha calma nós iremos fazer… Hoje eu não estou afim… Agora preciso comprar meias… Quero só ouvir música o dia inteiro… Tenho uma montanha de roupa para lavar… Hervé eu não sei…

Até que bateu aquela vontade, e lá fui eu fazer um carinho nas panelas.

Confere o vídeo para saber o resultado:

2 on 2 Mil Fotos Pra Você

2 on 2

junho 5, 2017

O projeto está atrasado só um pouquinho querida Faby, perdoe-me  por isso. Tive alguns problemas técnicos, que já foram resolvidos…

Aqui segue as fotos de um aniversário com tema  picnic no parque da cidade, que tive a oportunidade de fotografar. Tinha tantas cores e alegria, que desejei você aqui para fotografarmos juntas. Assim poderíamos trocar conhecimentos fotográficos; já pensou que legal seria?

Como sempre, a luz estava magnifica!

Quero mais momentos doces e coloridos por toda a minha vida, e você?


Blog da Faby: Aqui .

 

Mil Fotos Pra Você

Aleatoriedades…

Maio 11, 2017

A minha semana merece um Vade Retro em alto e bom som, porque muita coisa vem dando errado desde que este mês começou  – estou doente desde sábado; sábado esse que foi meu aniversário, e eu poderia perfeitamente ter usado um chapeuzinho de papel sobre a cabeça, esperar o grande momento de assoprar as velhinhas sozinha, para celebrar minha existência e blá, blá,blá. No entanto essa data só significa, que  o pior dia dos 365 dias do ano chegou.

Sempre detestei fazer aniversário, não sei explicar só fico profundamente triste neste dia. Além do mais, não acredito que a  passagens das datas comemorativas mudem alguma coisa, como muitos acreditam…

Ficar dentro de casa por tanto tempo me deixa mais irritada e incomoda mais que a dor que sinto. Acredito que meu mau humor tem mais haver mesmo com o fato de que precisei adiar minha viagem; estou precisando urgentemente de um tempo só pra mim, quebrar o ciclo vicioso que me ronda constantemente.

No feriado, estive na minha cidade “amorzinho, favorita tudo de bom” – Pirenópolis, mas certamente o mês já dava os primeiros sinais que não seria legal, ao invés de ficar na cidade, não, a esperta aqui resolveu que iria a Venda do Bento, um restaurante dentro de uma fazenda que na minha opinião já foi incrível, quando era um espaço pequeno – Tem comida boa, porém cara, tem muito verde, e um montão de coisas antigas espalhadas pelo lugar.

Mas agora que cresceu, ficou um tanto impessoal. O lugar ainda é bem familiar, tipo: cheio de pais, filhos e muito choro de crianças que faz qualquer um que não tenha filhos enlouquecer e querer sair de lá rapidinho. Foi o que eu fiz. Porque você procura um lugar para curtir o feriado, colocar as ideias em dias e ficar calma. Mas todavia não foi bem isso que aconteceu.

Bento, tchau e bença, porque não volto nunca mais! Ok! quem sabe em um dia mais calmo, eu volte…


Procura-se quem tenha tempo para vender – O  Reverson, melhor compositor de todos os tempos e meu amigo mais louco, andou puxando minha orelha, porque não andei treinando com meu ukulele. Preciso de umas seis horinhas a mais para fazer tudo o que preciso, e isso é sério.

Precisando fazer uns paranauê, pra acabar com essa mandinga que baixou por aqui, não posso deixar a peteca cair, não é verdade ? – Vade retro!  🙂 

 


Beijo no coração…