Descubra Pirenópolis!

Pirenópolis, é uma pequena cidade que encontra-se aos pés da Serra dos Pirineus em Goiás. Foi criada em 1727 e é conhecida por suas manifestações folclóricas: as famosas Cavalhadas e da Festa do Divino. É o tipo de lugar ensolarado, onde o povo procura conservar antigas tradições  e seu estilo de vida pacato, faz você repensar o quanto é importante evoluir mas sem a necessidade de depredar.

É uma cidade que você pode perfeitamente passar todos (eu disse todos) os finais de semana por lá. E muitos são os motivos:

* Fica somente a duas horas de carro de Brasília, e três de ônibus.

* O centro histórico tem casas no estilo neocolonial simples, com ruas estreitas e ladeiras.

* A religião é católica; mas você é envolvido pelo cheiro forte de incenso que saem das muitas lojas e invade algumas ruas. Se você é uma pessoa como eu, que tem total liberdade de examinar fés e crenças, extraindo o melhor delas,  a cidade tem um misticismo muito presente no ar, não tem como negar isso.

*Tem muitas cachoeiras, morros, cerrados, mirantes, parques.

* No ecoturismo para os amantes de esportes de aventura; passeios de balão, salto de paraquedas, caiaque, off road, trilhas, tirolesa, trekking…

* Pousadas e hotéis, oferecem uma surpreendente e infinidade opções de hospedagem, que se encaixam em todos os orçamentos. A maioria é de pequeno porte, o que acaba transmitindo uma hospitalidade mais familiar.

E não posso fechar este post, sem comentar da excelente rede de restaurantes, cafés e barzinhos que é considerada como um dos mais importantes no pólo turísticos de Goiás, que é representada por uma culinária local e internacional; tem arroz com pequi, guariroba, paçoca de pilão, o baru, o famoso empadão goiano, e o quer dizer das quintadas e doces? Por Deus é tudo de bom!

Este é a quinta vez que os ventos me levam para aquelas bandas e somente por duas ocasiões fiquei hospedada em um hotel e outra vez em uma pousada, como fica muito perto de casa, geralmente vou e volto no mesmo dia. É só para sair da minha zona de conforto, mas sem levar horas e gastar uma fortuna com uma viagem muito longa. Porque você paga somente 26.50 reais em uma passagem de ônibus para chegar lá.

Se algum dia eu tivesse que sair aqui do DF, tenho quase certeza que Pirenópolis seria minha primeira opção para viver pelo menos por um tempo. Afinal é uma charmosa cidade com uma população  de 23.065 habitantes. O povo tem um sotaque diferente; a natureza é exuberante; as casas são coloridas – ainda sim muito pequena para alguém que ama a cidade grande…

Por hoje é isso pessoal!!!

Beijo, beijo 🙂

15 thoughts on “Descubra Pirenópolis!

  1. Morg,
    Seu blog ta lindoooo
    E as fotos, que lindas…fiquei com vontade de conhecer esse lugar mesmo…e ainda irei.
    Desculpe a ausência, estou enrolada aqui com problemas…celular e celular, não sei se viu mas fui convidada a testar um celular e dai que, tudo lindo mas, to tendo mais problemas do que alegria, dai troquei o celular duas vezes já por problemas e nessa terceira parecem duvidar de mim e querem que eu vá até o local…fazer o que né.
    Enfiiim…
    Ta tudo lindo, ver seu blog sempre me alegra.
    Bjs mil

    1. Primeiro você precisa ter coragem para pegar um carro (24 horas de muita estrada nos separam) ou você pode pegar um avião…Ah, espera você também não tem coragem… Só seriam 8 horas. Ou seja, eu realmente acho um pouco complicado! Infelizmente ainda não inventaram uma máquina para transportar seres humanos por telepatia irmã…
      E pior, tu estava comigo quando aconteceu o acidente,e você ficou traumatizada…E se deixou levar pelo medo!

      🙂

    1. Verdade Lou, Piri é especial.
      Já estive envolvida em um acidente de carro na estrada indo pra lá. Não lembrei de levar a minha câmera certa vez. Outra vez não tinha filme para minha máquina analógica, e fiquei sem fotografar. Até já dormir em um quarto dos donos da casa da pousada, por que adivinha? A cidade estava com todos os hotéis e pousadas cheios, foi hilário…E paguei caro por um quarto bem mais bem ruim. Mas nem um desses motivos, mudou o sentimento que tenho por esta cidade. Quando a saudade aperta não tem jeito…É amor mesmo!!!

    1. Hahah! Você notou? Meu Deus a minha obsessão está piorando, fiquei um dia inteiro tentando combinar todas,porque ainda estou aprendendo a usar o WordPress…
      E ainda tem tanta coisa para fotografar, ela é ainda mais doce, acredite!

      Preciso voltar, quero muito voar de balão…

  2. Oi querida! Faz um tempo que não venho aqui, seu blog está lindo <3
    Não tive chances de ir a Pirenópolis quando morava em Brasília, mas todo mundo que conheço e foi lá, adorou! Lindas as tuas fotos!!
    Beijos

Deixe uma resposta