Um simples poético

Tenho feito pequenas viagens; esse hábito começou no meio do ano de 2019 para ser exata. Eu não diria que sou a pessoa que “ama viajar” e muito menos que fala o tempo todo sobre viagens. As viagens nunca estarão em primeiro lugar na minha vida isto é um fato.

Porém resolvi fazer um teste em busca de cidades mais conectados com a espiritualidade…

Passei muitos fins de semana dentro do carro, visitando pequenos lugares, onde você têm a sensação que o relógio parou, para você degustar o melhor de cada dia do lugar.

Conheci pessoas; visitei velhos amigos; tive experiências espirituais com premonitores , médiuns; de deixar muita gente de cabelo em pé.

Sempre fui atraída pelo lado espiritual, mais do que o lado físico. Apesar dos dois estarem ligados, temos a impressão de só existir o físico, e isto está muito longe de ser verdade…

E pensar que ainda tem tanta coisa para conhecer, aprender, praticar – recarregar as energias. Isso deixa-me imensamente motivada para cultivar novas metas.

E no meio dessa minha jornada encontrei o Carlos Nogoli que tem um espaço que é capaz de instigar nossa imaginação, enquanto ele mesmo prepara um cafezinho bem caseiro, você aproveita o som de boa música na vitrola com disco de vinil 🙂

Já passei tantas vezes por lá, no café da Dona Lembrança, que o Carlos virou amigo…

Carlos Nogoli

É tão simples que chega a ser poético…

Meu desejo é que em cada canto do mundo tenham pessoas que zelem pela vida e a busca da união do céu com a terra dentro de si próprias.

Beijinhos 🙂

22 thoughts on “Um simples poético

  1. Não sei se já te falei mas em 2012 eu passei por uma quebra, perdi a fé totalmente,me revoltei,me senti enganada.
    Acho que desde 2017 mais ou menos comecei a voltar, engatinhando, me assumindo Bruxa, aceitando que é minha essência e que tinha que parar de fugir e lutar contra.
    Então aos poucos estou voltando, está diferente, as coisas fazem mais sentido e, desde que me deixei,me permiti ser louca as coisas começaram a fazer sentido.
    Um novo mundo se abriu e hoje vejo e percebo coisas que antes não via ou percebia.
    E esses lugares que parecen magicom fazem ainda mais sentido.
    Sao Thomé das Letras é um desses lugares, e tudo mágico, perfeito, as pessoas são incríveis, Minas é um lugar apaixonante e lindo,o céu mais londl que ja vi…
    Então entendo bem você, gosto de lugares assim simples, mágicos, pessoas que nos fazem nos apaixonar, querer ficar.
    E, lindas fotos.
    Bjs 😘

    1. Fê, se eu perdesse a minha fé, o que seria de mim? O que me sobraria nesta vida?

      A única coisa que tenho é minha fé, e nada mais.

      Não pense que eu não sei sobre a maldade do ser humano, eu sei muito bem o quanto nós podemos ferir uma outra pessoa mortalmente…
      E sair por aí achando que isso é normal.
      Todos nós temos um lado A e o lado B, como um disco de vinil.

      O bom e o mau!

      Você pensa que eu não convivo com gente escrota?
      Gente falsa, que se faz de vítima?

      Se uma coisa eu aprendi nesta grande escola que é este mundo foi :
      Se eu Morgânia estou passando por coisas ruins, eu mesma busquei isso em algum momento da minha existência, seja nesta vida ou em outras vidas.

      Então preciso passar pelas dificuldades e aguentar…
      Mas é claro que fico triste, tenho raiva e reclamo, como todo ser humano, mas eu reclamo comigo mesma : mas sei que a culpa é minha, foi escolha minha, eu não sou vítima.

      É a lei do retorno, tudo que vai, uma hora volta…
      A vida é um grande jogo, o tempo todo você é manipulado e sofre mais quem não sabe jogar.

      Eu peço para Deus, que me livrar logo de todos os meus carmas, todo o tempo.
      Virou meu mantra – Deus me faça uma pessoa melhor.
      Deus me livre logo de todos os meus carmas…

      E quando lembro que algum dia eu estarei livre de todos os meus pecados, e que nunca mais eu estarei diante destas pessoas, eu fico tão feliz…

      A terra é um lugar lindo, mas difícil de viver… E a culpa é nossa!

      1. Eu vivo no meio entre duas famílias. Um vizinho e sua mulher que nos odeiam, perseguem,ele urra,ela grita que quem passa na rua se assusta se te contasse e algo assim, difícil de acreditar…Do outro lado tem a mulher com dois filhos, so a voz dela me dá raiva, os filhos olham pra cá com ódio.
        Então frequentemente acontecem coisas difíceis, muito barulho,muit m falta de respeito.
        E eu andei com muita raiva, revoltada de ter que aguentar isso, de deixar que eles façam o que querem mas eu começo a entender finalmente.
        Primeiro que se estou passando por isso tem motivo, além de aprender a ter pacienpac, também e saber como lidar com esse tipo de pessoa,
        Porque, como eu posso querer passar amor não amando realmente o próximo?
        Busco me lembrar que eles são nossos irmãos, eles estão aprendendo, cometem erros como muitos mas eu vejo que eles tem mais oduo do que maldade entende?
        Vemos o mal sem perceber que somos nos mesmos apenas em aprendizado.
        Para mim ainda é difícil sim, estou fazendo como você disse, rezando por eles e respirando fundo sempre.
        Se a gente se curar a nossa cura é capaz de curar outros, porque nossa luz é tão grande que nos encolher assim não faz sentido mais.
        Hoje agradeço por eles,por todos que passaram e passam em minha vida,por por ate esses tem algo a nos ensinar…
        Ensinar que o verdadeiro “amai-vos uns aos outros” é vivido agora, se não formos capazes de perdoar quem nos faz mal, ter compaixão então o que somos?
        O amor e a maior força do universo, cura, regenera, muda um mundo,cria universos…
        Vivemos em um mundo com muito odio e cabe a nós ser o amor que queremos ver no mundo e ai,de pouquinho em pouquinho vamos tocando outros.
        Você faz isso acredite, continue assim, so agradeco ter te encontrado de verdade.
        Adoro cada foto, cada história, você faz bem a todos que encontram seu blog.
        Bjs
        Te adoro viu Morg
        Ps: Desculpa se falei alguma bobagem, hoje é dia de Iemanjá e to mais emotiva 😘

  2. Ahh esses lugares mágicos capazes de nos tirar da realidade… AMO! se eu pudesse, morava num lugarzinho assim, no meio das plantinhas, com meus cristaizinhos e meus incensos <3

    Amei todas as fotos! Dá realmente vontade de largar tudo e ir viver no meio dessa poesia <3

  3. Eu acredito muito no lado espiritual e acho que há situações em que ele se sobrepõe ao físico. Amei conhecer o local e concordo devia de haver em cada canto mais pessoas assim 😊
    Um beijinho **

  4. Que lugar mais encantador! É tão incrível quando encontramos lugares que tocam nosso coração dessa maneira – e pensar em vários cantinhos do mundo têm esses lugares, só acalenta mais o coração!

    (as fotos ficaram lindas!!)

    beijinhos
    Ellen Machado | http://www.desviearota.com.br

  5. Eu acho que o hábito de viajar deveria ser prioridade na vida de todo mundo, mas entendo que não é seu estilo.

    Mas esse hábito, pra gerar novas experiências, como você tá fazendo, é lindo. E fiquei encantada com a casa do seu Nogoli! Linda dms! 😍😍

  6. Que lindeza de lugar! Suas fotos estão maravilhosas como sempre Morgânia. Adoraria poder fazer pequenas viagens assim. Acho super inspirador!

    E continue postando suas aventuras, vou adorar acompanhar ♥

  7. Eu sou a pessoa que ama viajar mesmo que para perto e lugares que nos aproximam da natureza e nos energizando me encanta muito. O contato com a natureza noa reconecta com a vida

  8. Eu também acredito muito nessa parte do espírito, energias e tudo mais. Inclusive gostaria de ter experiências assim como as que você contou, mas não faço ideia de onde começar e tals…
    Achei esse lugar lindo, simples e sim muito poético.
    Até porque existe muita beleza nas coisas simples!
    E miga, não era minha festa no post que você comentou hahahaha…

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

Deixe uma resposta